notícias
IPSANTARÉM ACOLHEU E DINAMIZOU A SEMANA NACIONAL DO EMPREENDEDORISMO E DA INOVAÇÃO EM SANTARÉM E RIO MAIOR
Publicado em 2021/09/20

Decorreu de 13 a 16 de setembro a Semana Nacional do
Empreendedorismo e da Inovação, acolhida e dinamizada este ano pelo Politécnico de Santarém e que
decorreu nas cidades de Santarém e de Rio Maior, nas quais o IPSantarém tem as suas Escolas Superiores.
A Semana Nacional do Empreendedorismo é um evento que é organizado anualmente e no qual decorre a
Final Nacional do Poliempreende (Concurso de Empreendedorismo da rede Politécnica Nacional, que vai já na
sua 17ª edição). Este evento é, em cada ano, organizado pela Coordenação Nacional desse ano que,
rotativamente, passa por todas as 21 Entidades integrantes da rede (Institutos Politécnicos, Escolas
Politécnicas não integradas e Universidades com Ensino Politécnico).
Este ano, ao tema do empreendedorismo juntou-se também o tema da Inovação uma vez que, pela via da
dinamização do Projeto Link Me Up (dinamização de casos de co-criação de inovação), no qual participaram 13
Institutos Politécnicos, competia também ao IPSantarém organizar a Final Nacional dos Casos de Co-Criação.
Estiveram no evento cerca de 200 alunos e docentes que participaram nas várias atividades do Programa.
As equipas do Poliempreende (projetos 2020 e 2021) ficaram instaladas em Santarém onde chegaram na tarde
do dia 13. Após o check-in, participaram numa atividade de boas-vindas – um peddie-paper pelo Centro
histórico da Cidade – onde, divididas em equipas mistas oriundas dos vários Politécnicos, iniciaram o percurso
no Convento de São Francisco terminando nas Portas do Sol, onde foram acolhidos pela Vice-presidente da
autarquia, Inês Barroso, e pela Vice-presidente do IPSantarém, Sónia Seixas.
O dia 14 foi um dia de trabalho dedicado à afinação das Apresentações Finais que começou com uma sessão
dinamizada pelos “Os Improváveis” e seguiu com trabalhos cirúrgicos de melhoria de pormenores nas
apresentações, acompanhados por consultores da Inova+.

No dia 15 decorreram as 2 Finais Nacionais (projetos 2020 e projetos 2021) com a realização dos Pitchs
perante júris constituídos por elementos do Banco Santanter (Cristina Neves e Duarte Correia), OCC (Nélson
Ferreira e Álvaro Costa), Nersant (Pedro Félix e Sofia Plaza) e Garval (Magda Santos e Hélder Bento).
As equipas que não estavam em horário de apresentação aproveitaram para realizar uma visita à Entogreen,
projeto de empreendedorismo oriundo da academia, que se encontra instalado em Santarém.
Este dia terminou com um grande jantar conjunto com todos os participantes do evento, que decorreu no
Santarém Hotel.
Quanto às equipas de Co-Criação, estas ficaram instaladas em Rio Maior onde chegaram também no dia 13,
tendo nessa tarde passeado pelas Salinas, pela Villa Romana e pelo renovado Parque do Rio. Finalizaram o dia
com um jantar de boas-vindas oferecido pelo Município de Rio Maior, cujo presidente, Filipe Santana Dias, fez
questão de estar presente na companhia do Presidente do IPSantarém.
Tal como em Santarém, o dia 14 foi um dia de trabalho dedicado à afinação das Apresentações finais. Estes
trabalhos decorreram no Centro de Negócios e Inovação de Rio Maior e foram dinamizados com o apoio de
uma equipa de consultores da Inova+ e de “Os Improváveis”.
No dia 15 teve lugar a Final Nacional de Casos de Co-Criação de Inovação, na qual as 13 equipas participantes
(as vencedoras da Fase Regional realizada em cada um dos Politécnicos participantes) realizaram o seu Pitch
perante um júri composto por Dora Roberto (CGD), Pedro Saraiva (Tagusvalley), Nuno Malta (CNIRM) e João
Samartinho (IP Santarém, presidente do júri, sem direito a voto).
Também neste dia decorreu uma visita à empresa Planície Verde, um exemplo de inovação permanente no
Concelho de Rio Maior. Este dia terminou com um grande jantar conjunto com todos os participantes do
evento, que decorreu no Santarém Hotel.
O último dia do evento decorreu na Escola Superior Agrária de Santarém onde teve lugar uma Conferência
sobre a temática do Financiamento de projetos inovadores oriundos da Academia, na qual participou a
BlueCrow, sociedade de capital de risco gestora dos Fundos Blue Crow Innovation.
Seguiu-se um almoço conjunto e a Sessão de Apresentação de Resultados e Divulgação dos Vencedores.
Esta sessão contou com a presença do Presidente do Compete2020 (entidade financiadora do projeto Link Me
Up), Nuno Mangas, e o Administrador da Agência Nacional de Inovação, João Borga (antigo Coordenador da
Rede Nacional de Incubadoras e profundo conhecedor do Poliempreende).

Abriu a sessão o Presidente do IPSantarém, João Moutão, com uma intervenção de boas-vindas,
agradecimento pela participação e de orgulho pela organização de um evento desta natureza no Politécnico de
Santarém. Foi salientado no discurso de abertura o papel fundamental dos patrocinadores, em especial o
Banco Santander, a Delta Cafés, a Ordem dos Contabilistas Certificados e a Garval. Seguiu-se uma
apresentação de resultados intermédios do projeto Link Me Up realizada por Rui Pedrosa, Presidente do
IPLeiria, promotor líder do projeto Link Me Up. Após esta apresentação, na qual foi patente o excelente nível
de desenvolvimento do projeto, foi entregue pela primeira vez o Prémio Professor José Adriano Pires, que
homenageia este docente do IPBragança, prematuramente falecido, e que foi um grande entusiasta do
empreendedorismo e do Poliempreende. Este prémio, na sua primeira edição, foi apresentado pelo Presidente
do CSISP, Pedro Dominguinhos, e vencido pelo Prof. Pedro Parreira, docente da Escola Superior de
Enfermagem de Coimbra, tendo sido entregue por André Pires, filho de José Adriano Pires.
Por fim, as entregas dos Prémios aos projetos vencedores das 3 Finais Nacionais que decorreram nesta
Semana Nacional do Empreendedorismo e da Inovação: Final Nacional de Casos de Co-Criação, Final Nacional
Poliempreende – Projetos 2020 e Final Nacional Poliempreende – Projetos 2021.
Encerraram a sessão as intervenções do Presidente do Compete, Nuno Mangas, e do Administrador da ANI,
João Borga, que enalteceram o trabalho dos Institutos Politécnicos na dinamização do empreendedorismo e
da inovação e salientaram a capacidade de trabalho conjunto que a rede politécnica nacional revela e de que é
exemplo máximo o Poliempreende, projeto que vai já para a sua 18ª edição.
Ainda durante a Sessão foi entregue ao IPBeja a bandeira do Poliempreende, gesto simbólico que sinaliza a
passagem da coordenação nacional de Santarém para Beja.