O TEU FUTURO COMEÇA AQUI
Bem vind@s ao Politécnico de Santarém

Colaboração Institucional e com a Comunidade

Tertúlia do IPSantarém

A Tertúlia do IPSantarém vai retomar suas atividades socioculturais, uma vez que está finalmente reunindo condições institucionais para o poder fazer, sendo que a maioria das atividades, durante a pandemia, será realizada à distância.

Dia 6 de abril, às 9h30 – Formação básica para usar a plataforma MIRO, dinamizada por André Rocha.

A animação sociocultural baseia-se em metodologias colaborativas de desenho & desenvolvimento de projetos e esta plataforma é uma excelente ferramenta de trabalho de cocriação.

 

Vídeo da formação

Cultura Avieira 

No âmbito do Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos – PROVERE/QREN – foi apresentado um projeto de investimento ao CCDR do Alentejo, no dia 19 de janeiro de 2009, por um consórcio constituído por 39 entidades, com base na cultura na Avieira do Tejo e do Sado. A proposta de investimento investimento investir 30 milhões de euros; criar a primeira Rota turística do Tejo, com base na Cultura Avieira ; recuperar todas as aldeias Avieiras do Tejo; construir aldeamentos turísticos desde a Azambuja até o Golegã; promover investigação universitária sobre a viabilidade dos recursos do Tejo; construir no Cartaxo o Museu do Tejo; recuperar o dique de 20 Km que liga os concelhos de Azambuja, Cartaxo e Santarém; melhorar substancialmente os aeródromos de Santarém e de Benavente; adquirir dois aviões anfíbios para concretizar a ideia da Rota dos Avieiros que inclua a trajetória aérea; assegurar os transportes de turistas por via fluvial, rodoviária e aérea; e dinamizar um eixo fundamental para o desenvolvimento económico regional, com base no rio Tejo.

O conceito fundamental é a integração de várias atividades económicas tendo por base integradara a cultura Avieira do Tejo e do Sado.O produto que propõe construir é um modelo de desenvolvimento fundamentado na cultura Avieira e no turismo. A ser aprovada a intenção de investimento prevê-se que o Tejo e toda a zona ribeirinha nunca mais serão os mesmos, desde o grande estuário do Tejo até à Golegã, passando por Valada e pelo Escaroupim. O consórcio de 39 entidades, liderado pelo Instituto Politécnico de Santarém, integra 20 empresas e investidores individuais – todas PMEs – cinco Câmaras Municipais, duas Universidades, quatro institutos de nível universitário, dois aeródromos privados, duas paróquias, três associações para o desenvolvimento e uma associação empresarial.

Orbis Inovação

O «Orbis  inovação» do IPSantarém é um programa de investigação, formação e intercâmbio, Dessa complementaridade, resulta a criação de produtos, a realização de workshops, a elaboração e acompanhamento de planos de negócio. A criação de produtos para empresas é realizada por professores e alunos, em conjunto com parceiros internacionais e setoriais, que procuram realizar projetos e resolver dificuldades concretas de empresas e instituições. Os workshops sobre criação de produtos, de negócios e de atividades, e outros temas, são dirigidos a quadros de empresas e instituições, e candidatos externos.

Nos workshops promove-se a aquisição das competências de criação e desenvolvimento de produtos e serviços, através da demonstração e do treino. Os planos de negócio envolvem o spin-off de projetos académicos de alunos e ex-alunos, de licenciaturas e mestrados.

São também elaborados, por equipas específicas, planos de negócio, de marketing e de comunicação, por encomenda de empresas e de investidores, e feito o seu acompanhamento. Na vertente investigação estuda-se a criação de produtos, na perspetiva científica, e trabalha-se com as empresas para definir e aplicar modelos adaptados de criação de produtos.

Boas Práticas e Responsabilidade Social

O Livro Verde sobre Responsabilidade social e instituições de ensino superior, encontra-se disponível para Consulta Pública. Este documento provisório, que agora é apresentado para discussão pública, resulta do trabalho colaborativo, na rede, entre trinta instituições de ensino superior que acederam ao desafio de integrar o Observatório sobre Responsabilidade Social e Ensino Superior (ORSIES),num projeto dinamizado pelo Fórum Estudante, em parceria com a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Versão provisória para consulta pública

Boas Práticas e Responsabilidade Social no IPSantarém

 A Tertúlia do IPSantarém

Espaço cultural que desenvolve e apoia atividades culturais, artísticas, socioeducativas, turísticas…

Partindo do estudo da realidade, tem-se como objetivo criar dinâmicas que integrem o mais possível estudantes e trabalhadores/as das cinco escolas superiores e dos Serviços de Ação Social do IPSantarém, aproveitando e valorizando espaços e outros recursos, para disponíveis a realização de atividades e projetos de animação sociocultural, com a comunidade académica, com e entidades pessoas da comunidade local, num princípio de cooperação e trocas solidárias, com vista para o desenvolvimento local e regional.