ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE SANTARÉM

INÍCIO  // MESTRADOS //  EDUCAÇÃO SOCIAL E INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA

MESTRADO - Académico

Educação Social e Intervenção Comunitária

MESIC

O Mestrado em Educação Social e Intervenção Comunitária confere conhecimentos conceptuais, metodológicos e técnicos no âmbito da intervenção socioeducativa

promotora do bem-estar e do desenvolvimento comunitário, através da construção de competências e habilidades associadas a um perfil profissional preparado para intervir em diferentes contextos – territoriais e/ou institucionais – e com uma diversidade de públicos, considerando o ciclo de vida (infância, adolescência, adultos e idosos) e as necessidades específicas associadas.

Os Diplomados desenvolvem competências para:
– identificar e responder a necessidades sociais e educativas contemporâneas;
– compreender e refletir criticamente sobre a aplicação de modelos e metodologias de intervenção social;
– planear, executar, monitorizar e avaliar projetos de intervenção;
– trabalhar em equipas multidisciplinares e redes de parcerias.

MESIC

Grau: Mestrado
N.º do Processo de Acreditação:
ACEF/2021/0027786
Número de Anos de Acreditação: 1

Duração do curso:
4 Semestres | 2 Anos
Modo de funcionamento: Blended-Learning

(50% a distância / 50% presencial)
Créditos: 120 ECTS

Áreas CNAEF
142 – Ciências da Educação
310 – Ciências Sociais e do Comportamento
 
Podem candidatar-se ao mestrado:
 
a) Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal;
 
b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este processo;
 
c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido pelo Conselho Técnico-Científico da Escola que detém a coordenação do mestrado, como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado;
 
d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo Conselho Técnico-Científico da Escola que detém a coordenação do mestrado como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.
 
 
As condições específicas de ingresso são fixadas, anualmente, no edital de abertura do concurso, considerando o disposto no número anterior, sob proposta do coordenador de mestrado.
 
O reconhecimento a que se referem as alíneas b) a d) do n.º 1, tem como efeito apenas o acesso ao mestrado e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.